Caminhoneiro é a primeira vítima identificada em deslizamento na BR-376

  • 30/11/2022
  • 0 Comentário(s)

Caminhoneiro é a primeira vítima identificada em deslizamento na BR-376

Foi divulgada a identidade de uma das vítimas fatais do deslizamento que atingiu a BR 376 em Guaratuba/PR na noite da última segunda-feira (28). João Maria Pires de 62 anos de idade, morador do bairro Forte, em São Francisco do Sul.

O caminhão de João é do container vermelho que aparece nas imagens divulgadas da tragédia. Segundo informações, ele foi lançado para fora da cabine do caminhão após ser atingido pela avalanche. Ele caiu no penhasco e não resistiu aos ferimentos. O sepultamento acontece em São José dos Pinhais/PR.

As buscas continuam pelas equipes de resgate no Km 669 da BR-376. Devido às fortes chuvas que castigam a região, houve uma queda de barreira que atingiu vários veículos e bloqueou totalmente a rodovia que liga Santa Catarina ao Paraná. Equipes de socorro entraram no terceiro dia de buscas por mais vítimas.

Ao menos seis pessoas foram resgatadas com vida na grave ocorrência e dois óbitos foram confirmados. Infelizmente a equipes de socorro confirmam que possivelmente mais vítimas serão retiradas do local, já que há veículos soterrados.

O Governo do Paraná divulgou que ao menos 6 caminhões e 16 carros foram atingidos pelo deslizamento. Aproximadamente 30 pessoas foram dadas como desaparecidas e podem estar entre as vítimas.

Buscas e resgate

As buscas seguem de forma crítica devido à instabilidade do solo e risco de segurança para as equipes. Há risco de desmoronamento da estrutura da pista devido ao peso da lama, pedras e árvores que desceram da encosta.

Mais de 100 pessoas, entre bombeiros e equipes de resgate de todas as regiões, trabalham no local com uso de cães farejadores na busca das vítimas. Segundo informações, além do soterramento, alguns veículos foram lançados para um penhasco às margens da rodovia.

Orientações para o trânsito

Segundo concessionária que administra o trecho, a ligação entre os estados do Paraná e Santa Catarina pelo trecho da Arteris Litoral Sul (BR-376/PR e BR-101/SC) segue interditada, sem previsão de liberação.

Os bloqueios ocorrem na praça de pedágio de São José dos Pinhais-PR, km 635 da BR-376/PR, na unidade operacional da PRF em Tijucas do Sul (km 662) e na praça de pedágio de Garuva, no km 1,3 da BR-101/SC.

A recomendação da concessionária é para que os condutores antecipem a manobra de retorno (evitando prosseguir até os bloqueios definitivos nas duas praças). Opções de retorno:

– BR-376/PR – interdição no km 635 sul: opções de retorno no km 617, 619, 625 e 633

– BR-376/PR – Interdição no km 662 sul: opções de retorno no km 644, 648 e 654.

– BR-376/PR – Interdição no km 669 sul: opções de retorno no km 663.

– BR-101/SC – Interdição no km 1 norte: opções de retorno no km 27, 25, 20, 14, 10, 6 e 1,8.

A PRF emitiu um comunicado informando que os caminhos alternativos entre Santa Catarina e Paraná devem ser evitados, principalmente pela BR-277, com a utilização do Ferryboat. O motivo é o risco de deslizamento de terra no quilômetro 42 por conta das chuvas que atingem a região.

A rota alternativa de ligação ao Paraná seria pela SC-418 (Serra Dona Francisca), que foi novamente interditada devido à várias quedas de barreiras durante a madrugada. A rodovia estadual faz ligação com a BR-116, e Mafra, que liga ou estado vizinho.


#Compartilhe

0 Comentários


Deixe seu comentário








Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 5

top1
1. Beijo de Glicose

Diego & Victor Hugo (Part. Jorge & Mateus)

top2
2. Coração Cigano

Luan Santana (Part. Luísa Sonza)

top3
3. Haja Colírio

Guilherme & Benuto (Part. Hugo & Guilherme

top4
4. Basiquinho

Matheus & Kauan

top5
5. Amor Ou Esquema

Wesley Safadão

Anunciantes